segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Dois pesos e duas medidas.

Sónia Lima está em prisão preventiva porque matou as filhas, Samira e Viviane e tentou suicidar-se.

Os pais de criança chinesa que morreu ao cair do 21º andar foram libertados e proibidos de sair do país.

Dois pesos e duas medidas, ou é a minha ignorância que não permite entender estas nuances da lei?

Alguém já terá comparado este caso ao da menina inglesa que ficou sozinha em casa e até hoje ninguém (?) sabe o que aconteceu.

No caso da Maddie, estamos a falar de súbditos de Sua Majestade (vénia). 
Parece que aquele maldito tratado com os ingleses obriga-nos até hoje a ficar de joelhos…

E no caso do casal chinês, qual é o critério para aplicação destas medidas? Alta finança? Vistos gold?

Morte por negligência, nos dois casos!


Haverá por aí algum jurista que me esclareça? É que eu só queria entender…

2 comentários:

  1. Não querendo entrar em conflito de opinião, até porque quase sempre estou de acordo com a colega de blogue, entendo, mas posso estar errado, que as situações em causa, e não defendo qualquer delas, são muito distintas. São ambas deploráveis, mas têm graus de responsabilidade distintos. A mãe assassinou as filhas, parece que para castigar o pai destas, mas não se matou. A outra morte, a da criança chinesa, é uma situação condenável de negligência. De qualquer forma, são erros humanos que nos envergonham como espécie.

    ResponderEliminar
  2. Caro colega, obrigado pelo comentário. Sabe, às vezes fico com a sensação que somos muito subservientes ao que vem de fora e se a isto juntarmos a influência e o poder do dinheiro, então a capacidade de decisão e autonomia, inclusive da justiça, quase desaparece. Caso flagrante foi o da pequena menina inglesa...

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.