sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

EM TEMPOS DE CRISE, UMA FOTO "À LA MINUTA" SERVIA

Quando soube que a ex-presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, tinha encomendado um quadro para figurar na Galeria dos Presidentes daquele órgão de soberania, estendi que, por estar perante uma tradição e um direito, não poderia de forma alguma criticar tal gesto. No entanto, sabendo que o quadro irá ter um custo de 15.000 euros, e apesar de desconhecer o valor dos anteriores, entendo ser uma exorbitância mesmo num país que se dá ao luxo em não ter limites para estes casos, embora tenha para a saúde, para as reformas e outros direitos entretanto usurpados. Penso até que Assunção esteve ausente e nem deu conta da actual situação financeira que o país atravessa, consequência, por mero exemplo, de reformas dadas a jovens com apenas 42 anos de idade e dez de serviço. Por outro lado, lamento que com tantos e bons pintores retratistas nacionais, tenha recorrido a uma estrangeira, freira por devoção e que eu sempre pensei serem exímias com a colher de pau na confecção de doces conventuais, esta, pelos vistos, também se ajeita com telas e pincéis. Ao menos, que consiga um milagre e que aquela galeria fique mais bela, agora com uma figura feminina.
Jorge Morais
 
Publicada no Jornal DESTAK em 19.02.2016 e Jornal PÚBLICO em 23.02.2016

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.