sábado, 5 de março de 2016

INDIGNIDADES

                                             MERCENÁRIOS PARA TODA A OBRA

Tendo sofrido aos comandos da Nação, por tempo demasiado, as acções de uma corja de malfeitores e traficantes de toda a espécie, vamos continuar a pagar os efeitos dos miasmas por eles disseminados nas estruturas do Estado.
E o actual Governo, que se propõe remediar o que ainda tiver remédio de tanto mal feito, vai continuar a confrontar-se com todo o tipo de armadilhas, como esta da condenação a ter que pagar ao Santander  quase dois biliões de euros!
Mas foi tudo culpa do outro, segundo agora dizem os chefes e seus sequazes… O “outro” tem as costas largas, mesmo quando está demonstrado que não é a sua assinatura que consta dos famigerados “swaps”, mas a da última vedeta das finanças e outros comparsas, vedeta das finanças que agora é contratada por uma das empresas que lucrou e pretende continuar a lucrar com as falcatruas largamente praticadas.

                                            Amândio G. Martins



Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.