terça-feira, 3 de maio de 2016

O valor do Conhecimento

Ninguem nasce ensinado; ninguém sabe de tudo; ninguém possui uma cultura tão vasta e tão rica que lhe permita ganhar vezes seguidas um concurso de cultura geral...Quantas vezes estas e outras afirmações, nos foram sendo transmitidas ao longo de gerações e saberes populares, próprios de um tipo de pensamento muito diminuto? Diminuto mas que encerram em si, toda uma sabedoria magistral e plena de convicções oportunistas que nos levam mesmo a crer que tais factos são verdade absoluta, 
É inegável, que o cérebro enquanto máquina processadora de informação, produz , seleciona , optimiza e armazena toda uma vasta quantidade de assuntos próprios ao enriquecimento do nosso conhecimento; a "arma" mais valiosa do mundo é mesmo esta: o Conhecimento, e ele nunca é demais se queremos e ambicionamos crescer pessoal e profissionalmente .
Com o Conhecimento, garantimos uma série de oportunidades e valências que por exemplo, o dinheiro não nos proporciona: o Conhecimento transforma-nós em melhores pessoas; faz de nós seres mais completos; valoriza nos enquanto académicos e trabalhadores ; dota-nos de informação que outros não tem, fazendo-nos imprescindíveis em algumas matérias; com o Conhecimento, atingimos patamares que o dinheiro nem comprando lá chega...
Por isso, a minha questão é muito simples: porque razão se dá tão pouco valor ao Conhecimento transversal? Com o Conhecimento, conseguimos obter um bem estar duradouro e confortável e ele está á nossa disposição por todo lado: atividades culturais; livros; jornais e revistas de referência ; eventos e conferências sobre as mais diversas temáticas....
Não descuremos aquilo que mais nos enobrece e enriquece que é o valor do Conhecimento: essa ferramenta tão poderosa que nos leva a atingir os objetivos que queremos para a nossa vida. Sem ele, seremos sempre fracassados á procura de uma desculpa para encaixar num objetivo falhado. As desculpas não mudam nada; as atitudes sim e as mais determinadas provém de pessoas que possuem o Conhecimento necessário para voltar a tentar  em que seja por caminhos alternativos. 
Nunca subestimem o valor do Conhecimento: ele vai ser-vos útil em todas as etapas da vossa vida. 

1 comentário:

  1. Na multinacional onde passei os melhores anos da minha vida, a palavra-chave sempre viva era: quem se desculpa, culpa-se!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.