terça-feira, 24 de maio de 2016

Que mais nos irá acontecer

Frederico Gil Carvalhão, o espião que era ‘toupeira’ no SIS – Serviços Secretos de Portugal – e negociava com os russos do SVR, foi descoberto pela UNCT – Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo – e detido em Roma de ‘mãos dadas’ com um espião russo.
O Carvalhão, o portuga espião que não veio do frio, meteu-se numa ‘guerra fria’ que julgávamos já não existir, mas que existe, existe.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.