domingo, 8 de maio de 2016

RELAPSO

                                                       INCORRIGÍVEL ALDRABÃO

Não sei se será esse o objectivo do sujeito, atingir aquele estado de inimputabilidade que lhe permita mentir sistematicamente com o ar de quem seria incapaz disso, mas aquela figura que já tivemos como chefe de Governo continua imparável, proferindo as maiores alarvidades, sem o mínimo respeito pela inteligência das pessoas.
De facto, é difícil encontrar, pelo menos na curta história do actual regime, um político que tenha com tanta desfaçatez promovido a mentira a coisa perfeitamente normal na vida pública, tão normal que as pessoas até já pouco reparam.
A última “galga” desse “coelho de capoeira” refere-se à desculpa apresentada para não estar presente na inauguração daquela obra lá do Marão, justificando que nem como primeiro-ministro se prestou a inaugurações, escalando para a coisa o “subalterno” da Economia.
Como era de esperar, apareceram logo de seguida os “documentos” que o desmentiam, mas como a vergonha passou por ele e andou em frente, não é de crer que isso lhe tire o sono, até porque já teve provas de que a mentira lhe rende proveitos, a mentira é o seu melhor método para conseguir o que pretende…


                                           Amândio G. Martins

3 comentários:

  1. O outro aldrabão Durão Barroso, também veio tentar colar o ex-Presidente da República, Jorge Sampaio, à invasão e guerra do Iraque pelos EUA, que ele Durão Barroso apoiou, obrigando Jorge Sampaio a desmenti-lo.

    ResponderEliminar
  2. O burroso passará por cima de toda a decência para justificar ter aberto a porta ao cretino do Bush, até porque, para ele, importante foi ter ficado na foto que lhe valeu o cargo na Europa, já que nada o qualificava para isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...e agora, segundo ele, vai abandonar a política para ir leccionar para os EUA... coincidências...

      Eliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.