segunda-feira, 16 de maio de 2016

SABER GANHAR...SABER PERDER

Ontem , apesar de estar , como devem calcular, muito feliz pelas conquistas do meu clube do coração, neste que foi um fim se semana inesquecível em varias modalidades e não só no futebol, fiz questão de não vir aqui.
Primeiro para saborear as vitórias em paz, e em segundo lugar porque comecei a ver na televisão coisas que me entristeceram, como adepta de Desporto ( o D maiusculo é propositado ), tanto de um lado como do outro ( falo do vencedor e do justo vencido ).

Se o tempo já nos habituou a todos, à arrogância e falta de educação do senhor Jorge Jesus ( atenção que falo do homem , não das suas competências como treinador que são muitas ), à total ausência de sentido de responsabilidade pelo cargo que ocupa do senhor Bruno de Carvalho e às barbaridades ignóbeis de um senhor que dá pelo nome de Otávio Machado ), esperava que do lado do meu clube, que durante toda a época deu provas da sua grandeza ao conter-se nas respostas às provocações dos "amigos" do outro lado da segunda circular, nesta hora de enorme e merecida festa, mantivessem o nível.

Infelizmente, no melhor pano cai a nódoa e tenho que dizer, Rui Vitória ontem começou muito bem e acabou muito mal - Começou e bem a dizer que no Benfica éramos diferentes e acabou a colocar o treinador do Sporting ao nível de um vendedor de pipocas, descendo a um nível desnecessário e que me desgostou.

Se me perguntarem se o JJ merecia...terei que dizer que sim, merecia isto e muito mais, pois Rui Vitoria esteve toda a época e ser mimoseado com coisas que custam ouvir e que não se esquecem - " "Não tem unhas para o Ferrari"; "não é treinador", " equipa pequena " etc etc", e ainda ontem com a tirada brilhante do " eu crio e os outros copiam "...estava a pedi-las, não tenho a menor dúvida mas... mas Rui Vitória tinha que ter sido capaz de, por muito que lhe custasse, ficar calado por mais algum tempo.

O Benfica merecia, os adeptos mereciam e os jogadores também. Dir-me-ão que o homem não é de ferro e eu até percebo, mas é na hora das grandes conquistas e das derrotas que se vê a nobreza de carácter dos homens e ontem nem os vencedores vem os vencidos estiveram à altura dos acontecimentos.

Claro que o que se passou ontem passa ao lado da enorme maioria dos adeptos, quer de um lado quer de outro - uns pela bebedeira da vitória e outros, pela tristeza da derrota, mas a mim, Benfiquista de coração, nesta e em todas as encarnações, não gostei e entristeceu-me profundamente.

Parabéns ao Benfica por todas as alegrias desportivas que têm dado aos adeptos.
Parabéns ao Sporting por ter sido um digno vice-campeão.
Que ambos os clube saibam honrar os emblemas que dizem defender, mas já agora, com ética, civismo e educação.
Desculpem lá mas tinha que o dizer.
Viva ao Benfica
<3

Nota: Este cachecol foi-me oferecido pelo presidente Luís Filipe Vieira, que ontem foi dos poucos a estar à altura da grandeza do Benfica. Obrigada presidente.


4 comentários:

  1. Podia subscrever apenas o comentário de Senhor Joaquim Tapadinhas, mas sou forçado a acrescentar mais alguma coisa. Pedir a Rui Vitória para continuar silenciado após uma época de ataques inqualificáveis, seria de mais. Sou admirador de Jorge Jesus como treinador, mas penso que nos seis anos em que esteve na Luz, nunca desceu tão baixo para com os colegas de profissão com bocas infelizes e ofensivas como em apenas uma época em Alvalade. Por experiência própria, saio em defesa de Rui Vitória, um autentico gentleman. E os meus parabéns D. Graça Costa, pelo texto e pelos gostos.

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada caro amigo Joaquim . Fico grata pelo "apoio" - a sensibilidade destes temas faz com que muita gente se abstenha de os comentar, mas eu confesso que não consigo.
    Bem Haja e saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  3. Compreendo as suas palavras e no fundo até as subscrevo, nas gostaria muito que no dia do titulo o meu treinador tivesse conseguido aguenta mais um bocadinho as ignóbeis ofensas de que foi objecto durante toda a época. Talvez fosse pedir muito, mas confesso que gostaria.
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.