quarta-feira, 1 de junho de 2016

AS CRIANÇAS PINTAM A PAZ

«Mamã, papá, a casa em que vivo, a escola, os colegas, os campos de jogos, os animais, árvores e flores, o céu azul sobre a cabeça e o sol. Tudo isto é a paz»......
«... Não queremos mais ensaios nucleares nem no nosso planeta nem no espaço. Não queremos corridas aos armamentos nem milhares de milhões investidos no medo e no mal. Por isso nos dirigimos a todos os pais e mães: as crianças merecem a paz, as crianças precisam da paz para viverem felizes. Pela paz há que lutar sempre e em toda a parte. Pelos sorrisos das crianças que são o sentido da nossa vida. Para que essas pequenas e indefesas criaturas não acordem de noite, depois de um pesadelo, para nos perguntarem, ansiosas: «Mamã, papá, é verdade que não vai haver mais guerra?».
«Está nas nossas mãos a possibilidade de que brilhe para as crianças um sol claro e cheio de vida».
(Texto que acompanha postais de desenhos de crianças de países socialistas, editados em 1986, pelo jornal Rudé Právo da ex-Checoslováquia).

1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.