quinta-feira, 2 de junho de 2016

DO RESCALDO DAS NOSSAS COMPETIÇÕES À VIAGEM AO EURO'2016 DE FRANÇA


Do rescaldo das nossas competições à viagem ao Euro'2016 de Françar
Praticamente que quase estamos prestes a chegar finalmente ao encerramento do final da época de futebol nacional sénior, referente à época de 2015/16, cá por estas "bandas". Conhecidos que já são os principais vencedores das principais provas nacionais, isto é: a Supertaça, com o nome dedicado ao grande Mestre que foi, Cândido de Oliveira, pois ele que teve várias funções no mundo do futebol, pois ele foi jogador, internacional e capitão das primeiras selecções de Portugal de futebol; seleccionador, dirigente; treinador e um grande jornalista desportivo português. Nascido a 24 de Setembro de 1896 em Fronteira que é uma vila portuguesa no distrito alentejano de Portalegre, pertencente ao Alto Alentejo, tendo vindo a falecer no dia 23 de Junho de 1958 em Estocolmo, capital da Suécia. A Supertaça Cândido de Oliveira que abriu o início desta época de futebol com a 37ª. Edição, que foi brilhantemente ganha pelo Sporting CP, que venceu o SL Benfica no Estádio do Algarve por 1-0, somando o seu 8ª. Título do seu historial. O campeão nacional na sua 82ª. Edição com a vitória final a pertencer ao SL Benfica, que juntou assim ao seu museu o seu título número 35. A Taça de Portugal, prova rainha do calendário nacional, que teve como vencedor na sua edição número 76 o Sporting Clube de Braga, vencedor do segundo troféu. A Taça da Liga, cujo vencedor foi o SL Benfica, no seu 7º. Título e na edição número nove desta prova. A segunda Liga cujo vencedor foi o FC Porto "B". Finalmente só falta somente conhecer o Campeão de Portugal, isto é, o referente ao terceiro escalão do sistema de ligas de futebol de Portugal e tendo entrado em vigor na época de 2013/14, cujo campeão foi o Freamunde e em 2014/15 o Mafra, para substituir as II e III Divisões com o nome de Campeonato Nacional de Seniores. Esta competição é ou foi esta época disputada por 80 equipas.

Depois de ter feito o resumo daqueles que foram os vencedores das principais provas do panorama nacional do futebol sénior a nível interno, ficará assim encerrada a época quando terminar o Campeonato Nacional Sénior..
Mas o futebol não ficará por aqui e irá a partir do próximo dia 10 de Junho até 10 de Julho, a realizar-se em terras gaulesas a 15ª. Fase final do Campeonato da Europa. O Campeonato Europeu de Futebol, é o principal campeonato de futebol entre selecções dos países da UEFA. Acontecendo a cada quatro anos e desde de 1960, foi originalmente chamado de Taça das Nações Europeias, mudando de nome para Euro em 1968. Nesse ano de 1960 por casualidade o campeonato teve lugar igualmente em França, tendo sido então o vencedor a União Soviética. De novo a 7ª. Fase Final do Campeonato da Europa, voltou de novo a realizar-se em França, de que foi o país vencedor e foi o primeiro campeonato que Portugal participou, tendo alcançado um honroso 3º. Lugar nesse certame.

Esta 15ª. Edição tem a novidade de ser composta por 24 Países divididos por 6 grupos, a saber: no Grupo A, composto pela, França (9º. presença); Roménia (5ª: presença); Albânia (1ª. presença, sendo assim estreia absoluta em fases finais) e a Suíça (4ª. presença). No Grupo B, composto pela, Inglaterra (9ª. presença); Rússia (5ª presença a partir de 1996); País Gales (1ª. presença, sendo outra estreia em fases finais) e Eslováquia (1ª. presença, sendo outra estreia em fases finais). No Grupo C, composto pela, Alemanha (7ª: presença a partir de 1992); Ucrânia (2ª. presença); Polónia (3ª. presença) e Irlanda do Norte (1ª. presença, outra estreia em fases finais). No Grupo D, composto pela, Espanha (10ª. presença); Rep. Checa (6ª. presença); Turquia (4ª. presença) e Croácia (5ª. presença). No Grupo E, composto pela, Bélgica (5ª. presença); Itália (9ª. presença); Rep. Da Irlanda (3ª. presença) e Suécia (6ª. presença), e finalmente no Grupo F, composto por Portugal (7ª. presença); Islândia (1 ª presença, outra estreia em fases finais); Áustria (2ª: presença) e Hungria ( 3ª. presença).



Os jogos vão ser disputados nas cidades de Bordéus-Estádio de Bordéus; Lens-Estádio Bollaert-Delelis; Lille-Estádio Pierre Mauroy; Lyon-Estádio de Lyon; Marselha-Estásdio Vélodrome; Nice-Estádio de Nice. Paris-Parqiues do Príncipes; Saint-Denis-Estádio de França; St. Ètienne-Estádio Geoffroy Guiuchard e Toulouse-Estádio de Toulouse.

(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os Leitores" do Jornal  RECORD de 01 de Junho de 2016)
MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.