sexta-feira, 24 de junho de 2016

Orgulhosamente sós, ou o princípio do fim?

O Reino Unido votou e escolheu meter-se na sua concha deixando a UE, da qual nunca pertenceu de corpo inteiro.
É que a velha Albion nunca gostou de repartir os seus pertences; pelo contrário, viveu séculos coloniais à custa de outros povos e civilizações.
Agora, vamos ver se a UE se reforça, unindo-se em torno deste revés, ou se se desagrega em várias ilhas cercadas de muitas fronteiras.
Resumindo: parece que o sonho de Jean Monnet começou a desintegrar-se.

nota: texto publicado no blogue OVAR NOVOS RUMOS (24/6) e nos jornais METRO e PÚBLICO (27/6)

José Amaral


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.