terça-feira, 7 de junho de 2016

TODO O CUIDADO É POUCO NA QUESTÃO DA DISCIPLINA


Todo o cuidado é pouco na questão da disciplina
O grande jogador que efectivamente é, e com provas devidamente já dadas, BRUNO Eduardo Regufe ALVES, nascido a 27/11/1981, natural de Massarelos (Porto), e filho de uma outra grande glória do futebol português de seu nome, Washington Alves, brasileiro de nascimento, mas português por afinidade e coração, que representou, diversos clubes, tendo iniciado a sua carreira na época de 1968/69 a 1973/74, no Flamengo do Brasil, tendo vindo para Portugal, onde se iniciou por representar entre diversos clubes do futebol português entre eles, no Sporting de Espinho nas épocas de 1974/75 e 1975/76; o "seu" Varzim, nas épocas de 1976/77; 1978/79; 1981/82 e 1983/84. O Lusitânia de Lourosa na época de 1980/81; o Rio Ave nas épocas de 1977/78 e 1979/80; O Famalicão na época de 1984/85 o Paredes na época de 1985/86; O "seu" Varzim, nas épocas de 1976/77; 1978/79; 1981/82 e 1983/84. Bruno Alves, representou com provas mais do que dadas pelos clubes por onde passou, como o exemplo do FC Porto "B"; Sporting C: Farense; Vitória de Guimarães AEK (Grécia); FC Porto; O FC de Zenit de Sâo Petersburgo e por último o Fenerbahçe (Turquia).


Com 85 internacionalizações no seu vasto e grande currículo de um fortíssimo e dedicado futebolista, que dá tudo em campo, pela raça, garra e determinação de um verdadeiro profissional, mas chegando ao ponto até da exaustão, que por vezes, infelizmente roça, chegando igualmente ao cúmulo do exagero "barato", pela pouca disciplina que demonstra nalguns lances.



Tendo sido já algumas vezes capitão da equipa das "quinas", foi expulso pela primeira vez ao serviço da selecção no XXIV encontro entre Inglaterra-Portugal, realizado no passado dia 2 de Junho no Estádio do Wembley (Londres), coma vitória a sorrir aos ingleses por 1-0, quando no minuto 36 do primeiro tempo numa entrada fora de tempo e sem nexo do Bruno Alves, (que eu chamo para mim toda a responsabilidade de chamar como uma verdadeira entrada à boa maneira de Bruno Alves) sobre Harry Kane, acabando a equipa de Portugal, a jogar com menos uma unidade o que veio de certa forma a prejudicar a selecção e o resultado.


Estamos a escassos dias do início da XV edição a fase final do Campeonato da Europa de 2016, que se irá realizar em França de 10 de Junho a 10 de Julho de 2016, é bom que o Bruno Alves reveja a sua maneira, por vezes um pouco exagerada, como se faz aos lances…outro recado serve igualmente para o defesa luso-brasileiro Pepe. Que tenham o devido cuidado, pois os árbitros, devem estar com os olhos sobre eles. E, boa sorte à nossa Selecção de Portugal, nesta sua 7ª. Presença em fases finais do Campeonato da Europa.

(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os Leitores" do Jornal  RECORD de 07 de Junho de 2016)
MÁRIO DA SILVA JESUS




1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.