terça-feira, 5 de julho de 2016

A ex-ministra das Finanças foi o paradigma da incompetência

«Se eu fosse ministra as sanções [de Bruxelas] não se colocavam»(!), disse Maria Luis Albuquerque. A haver sanções, reportam-se ao ano de 2015, do anterior executivo, onde aquela foi incompetente no caso Banif que originou um défice penalizador. Devia pedir desculpa, ao invés é arrogante e lança poeira aos olhos da populaça. Essa desculpa devia ser extensiva aos lesados (ou roubados?) daquele banco que perderam as poupanças duma vida de trabalho árduo de suor, sacrifício e lágrimas.
Porque é que os ex-governantes não hão-de ser responsabilizados?
São inimputáveis?!
Tudo isto é mau demais!

                                                 artigo de opinião de Vítor Colaço Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.