quarta-feira, 20 de julho de 2016

O terrorismo não ganhará!

O terrorismo não vai ganhar mas, o medo avança... O cobarde assassinato de mais de oito dezenas de cidadãos e o ferimento de duas centenas em Nice, França, mostra que o criminoso fundamentalismo
islâmico revela um desprezo absoluto pela Vida. Acertaram no coração francês, logo no dia da Nação – 14 de Julho, celebração da tomada da Bastilha, evento decisivo para o início da Revolução Francesa.
A defesa da Liberdade, Fraternidade e Igualdade são valores queridos que vencerão o terror. Não poderá ser só através de medidas securitárias e despejo de milhões de euros para acções de repressão que se
conseguirá erradicar este flagelo. Contabilizam-se centenas de mortes na Europa e as respostas são sempre as mesmas: mais material bélico; mais polícia e mais armada; mais violência punitiva;...
Olho por olho, dente por dente – ficamos todos desdentados e cegos! O começo desta resolução passa pela educação, pelo coração, pela inclusão social, pela prevenção,  pela
contínua informação partilhada entre Estados. O assassino tinha de ser detido! Pergunto: Não haveria projeteis capazes de o atingir, imobilizando-o e sedando-o? Seria crucial capturá-lo e interrogá-lo.
Face a esta selvajaria inaudita, a Europa deve preocupar-se muito mais com as pessoas.

                                                    artigo de opinião de     Vítor Colaço Santos
                                                                      

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.