domingo, 3 de julho de 2016

RICARDO, O HERÓI DO EURO 2004




Ricardo Pereira, nasceu no Montijo a 11 de Fevereiro de 1976, tendo iniciado na época de 1994/95, a sua carreira no clube da sua terra, o Clube Desportivo Montijo, que na altura encontrava-se na II Divisão B, tendo começado a sua carreira como ponta-de-lança, tendo mais tarde, nesse mesmo clube, ocupado a posição de guarda-redes. Segui depois destino até à cidade Invicta, onde representou o Boavista durante 9 épocas, a seguir o Sporting CP, Bétis de Sevilha, Leicester (Inglaterra), Vitória de Setúbal e finalmente terminou a carreira no Sporting C. Olhanense, tendo representado a selecção de Portugal por 79 vezes.
Ricardo ficou célebre e para a história do futebol português, porque a 24 de Junho de 2004, num jogo dos quartos-de-final do Euro 2004, em pleno Estádio da Luz, ao defender um penálti sem luvas, disparado pelo inglês Darius Vassell, e posteriormente ter sido o marcador da última grande penalidade que qualificou a selecção das quinas para as meias-finais da prova,

(Texto-opinião (resumido), publicado na revista Nrº. 1258 Notícias Magazine de 03 de 
 Julho de 2016)

MÁRIO DA SILVA JESUS

2 comentários:

  1. Apenas um pormenor, que não é importante, mas pessoal. O Ricardo, tal como o Futre e o Fernando Mendes, todos internacionais de futebol, foram meus alunos na Escola D. Pedro Varela, de Montijo.

    ResponderEliminar
  2. Senhor Tapadinhas, agradeço muita a sua informação adicional ao que eu escrevi. Uma informação que vem juntar aos meus escassos conhecimentos.
    Muito obrigado,
    Mário Jesus

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.