terça-feira, 5 de julho de 2016

Um novo ministro das Finanças da UE?


    O ministro das Finanças alemão fala como se fosse o Ministro das Finanças da UE. O sr. Shaüble disse que «Portugal terá necessidade dum novo resgate»(!) As palavras foram registadas pelos média, tendo consequências e um elevado custo para Portugal. Traduz-se em juros mais elevados nos próximos leilões. Esta irresponsabilidade é recorrente. Continua a fazer ao nosso país o que fez à Grécia. Sugeriu que corressem com este país para fora do euro, mas sem antes salvar os bancos alemães. Aquela frase assassina, para com uma economia frágil como a nossa, é um crime para os portugueses! Para lá de nos castigar impiedosamente também o faz por obsessão ideológica, já que o actual Executivo não faz parte da família do seu direitista Partido Popular Europeu. Estas frases incendiárias continuam a atirar a Europa para um beco sem saída e tornam Portugal mais vulnerável, sendo intrusivas/abusivas e ofendendo a nossa soberania. Shaüble tem sido a voz das trevas para os povos europeus, defendendo a sua Alemanha que ganhou milhares de milhões de euros (vivendo em super-avit) à custa das impostas austeridades, nomeadamente a Portugal.

                                                        artigo de opinião de Vítor Colaço Santos
                                         

3 comentários:

  1. O homem fala desta maneira porque todos os outros ministros, dos diversos países, tal admitem. Quem cala consente, como diz o ditado, e, se consentem, ele continua a exibir o seu poder, não tendo em conta que ofende os outros, sejam eles colegas ou países. A UE é um lugar desconfortável e, por este andar, qualquer dia é um espaço pouco recomendável.

    ResponderEliminar
  2. Subscrevo na íntegra o texto e o comentário.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.