terça-feira, 23 de agosto de 2016

A SELVAJARIA DOS PATRÕES

Os estágios profissionais promovidos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) estão a ser alvo de uma fraude em larga escala. Há muitos patrões que não só exigem aos jovens estagiários que lhes devolvam a comparticipação da empresa no salário (que oscila entre 20 e 35%), como ainda lhes impõem que sejam eles a pagar a taxa social única (25,75%) que compete à entidade empregadora. Ou seja, dos 691 euros ilíquidos mensais que um jovem estagiário com licenciatura recebe, até 400 podem acabar, por debaixo da mesa, nas mãos dos patrões que os contratam. Que roubo. Que selvajaria. Eis o capitalismo e o mercado no seu esplendor. Sem qualquer humanidade, sem qualquer ética. Os "empreendedores" a sacar ao máximo, a atropelar tudo e todos. Que podridão. Que vida reles. E depois os estagiários cheios de medo, sujeitos a trabalhar quase de borla, sem dignidade, cada um na sua, cada um na selva, incapazes de qualquer espírito solidário, incapazes de se unirem. Presas e predadores. Presas que também se abocanham umas às outras. Que mundo.

1 comentário:

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.