quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Em quem é que ‘Os Simpsons’ votarão?

A partir de 8 de Novembro de 2016 o mundo vai saber finalmente quem é que vai ser o ‘manda-chuva’ americano, que está resumido a duas pessoas: a pacificadora Hillary Clinton e o destemperado Donald Trump.
E, mesmo assim, o busílis da questão tem sido tanta que nem o conhecido casal Simpson decidiu ainda em quem vai votar.
Marge e Homer nem ‘clima’ têm encontrado para fazer amor, atormentados pela dúvida da escolha.
O casal Simpson deve descer à Terra e escolher o melhor para si, para os seus descendentes e demais familiares do Tio Sam, e não se transformando as eleições americanas numa perigosa e malcheirosa trampa.


José Amaral

3 comentários:

  1. Desta vez, só concordo 50% com o amigo Amaral.

    ResponderEliminar
  2. Muitas pessoas, uma parte razoavelmente importante da humanidade, estão escravizadas pelo dinheiro. Umas, porque ter milhões é o seu único objectivo na vida, outras porque são vitimas da ganância dos possuidores do vil metal. O anormal do Donald Trump, só porque é milionário, oferecendo um discurso besta, entende que tem condições para dirigir um país da grandeza dos Estados Unidos da América. Mas o grave é haver muitos milhões de americanos que o aplaudem e o querem na governação. A sementeira da estupidez e da desgraça não graça só no nosso país, porque ela está disseminada em meio mundo. Como é possível combater este brutal fenómeno se o dinheiro é a tentação de muita gente sem escrúpulo? A senhora Clinton, sem ser uma águia, será uma escolha mais criteriosa para voar sobre o "império" americano. E assim for, para nós europeus, teremos uma melhor aliada, ainda que os nossos problemas intrínsecos continuem. Aprofundando mais o tempo percorrido e os diversos períodos da história, esta civilização está a definhar.

    ResponderEliminar
  3. Publicado, hoje, dia 15.08.2016, no jornal Público. Parabéns ao Amigo Amaral, porque cada vez está mais difícil os jornais encontrarem espaço para as nossas preocupações.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.