sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O fogo é terrorismo ambiental!

  Portugal está a ser massacrado pelo fogo. Este terrorismo ambiental mata:  floresta, agricultura e animais, queimando casas e tecido industrial, havendo já uma vítima a lamentar.
Há duas/três décadas que assistimos a este cíclico flagelo, parecendo que centenas de milhar de pessoas por esta altura estão condenadas ao inferno das chamas.
Não há soldados da paz suficientes para neutralizar tantos fogos ao mesmo tempo. A articulação das várias entidades no combate aos sinistros tem que ser e fazer (muito) melhor...
Havendo descontrolo em alguns incêndios, Portugal deve accionar o Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia para que seja ajudado com mais meios aéreos. Nós já fomos à Grécia ajudar a debelar incêndios.
35% destes sinistros acontecem de noite... A quantidade de ignições, em simultâneo, nos últimos dias, afigura-se que não é obra de psicopatas, mas sim de pirómanos organizados... Reeduque-se esta
gente. A tropa aquartelada, sem objectivos prioritários, não poderá ajudar a combater as ignições? E os aprisionados com penas leves, não poderão ser úteis?
   A prevenção passa obrigatoriamente por todos nós e a educação para a cidadania começa nos bancos da Escola.
   Bem-Hajam os altaneiros e corajosos Soldados da Paz!
 
 
                                       artigo de opinião de Vítor Colaço Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.