sábado, 6 de agosto de 2016

O que fará um não executivo numa empresa?

Desde que gentes da política passaram a integrar ‘postos-chave’ em firmas de nomeada, quer no país quer no estrangeiro, ouvimos – talvez para passar a imagem de pessoas de bem acima de qualquer suspeita – dizer que nelas vão ‘trabalhar’ apenas como não executivas. Isto é, nas ditas instituições vão ser instaladas em altares, mas metidas em redomas de vidro, uma espécie de bolha de beatitude. É a castidade terrena levada ao limite.
Estas ‘bem-intencionadas’ pessoas, que todos nós vamos conhecendo, talvez nem ao mundo vieram impregnadas com o pecado original.
Original é serem escrupulosamente não executivas e ganharem rios de dinheiro, uma vez que o seu mirabolante poder – mesmo como humanos que são – é serem detentoras de sofisticadas gazuas, que abrem qualquer porta.


José Amaral

2 comentários:

  1. Atenção!Não é para fazer nenhum comentário, mas para dizer que não se consegue publicar nada. Não aparece a respectiva indicação na parte superior. Amigos/a administradores!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.