sábado, 13 de agosto de 2016

O SONHO DE UMA MEDALHA NO FUTEBOL ESFUMOU-SE HOJE


O sonho de uma medalha no futebol esfumou-se hoje
E o sonho da selecção olímpica de Portugal, neste torneio de futebol masculino, poder chegar às medalhas, nestes 31ºs Jogos Olímpicos Rio2016, e na sua quarta participação na disciplina de futebol, esfumou-se, hoje dia 13 de Agosto, em pleno Estádio Mané Garrincha, em Brasília, ao perdeu frente à sua congénere da Alemanha, por um expressivo resultado de 4-0, neste jogo que marcou a presença de Portugal nos quartos-de-final, daquela competição, não tendo conseguido superar a melhor classificação de sempre e alcançada por uma equipa de futebol de Portugal, nos 26ºs. Jogos Olímpicos, em Atalanta (EUA),em 1996, onde alcançou um honroso 4º lugar.

Assim com esta derrota sofrida frente à Alemanha, e a não passagem às meias-finais deste torneio Olímpico de futebol, terminou o sonho para os comandados do seleccionador nacional Rui Jorge, que sem dúvida tiveram uma participação de grande nível, fase às dificuldades, já referidas e apontadas por toda a comunicação social e do próprio seleccionador Rui Jorge de poder ter ao seu dispor um outro leque de jogadores de outra relevância, claro, no entanto não se pode menos prezar a participação dos 18 jogadores que estiveram presentes e tão boa conta deram e disponibilizaram na honra envergarem a sempre cobiçada camisola e em nome de Portugal. Uma equipa que neste jogo com a Alemanha, demonstrou cansaço e um grande desgaste e efectivamente sem grandes argumentos, para poder bater uma Alemanha, que tem todo o mérito de seguir em frente, mas contudo não deixa de ser um resultado no entanto, "quiçá" um pouco pesado para os nossos rapazes, que representaram com dignidade o nosso País.

Este jogo e resultado negativo da nossa selecção, frente a uma Alemanha, que demonstrou no decorrer do jogo outra frescura e outros argumentos, não tira no entanto o mérito e brilho ao trabalho que o seleccionador nacional Rui Jorge nacional, tem vindo a fazer, nesta categoria de formação, mas já com jogadores relevando potencialidades para uma carreira de nível e com alguns deles com capacidade para jogarem em clubes da primeira Liga do futebol português.



Com uma participação a todos os níveis meritória na fase de grupos, onde acabou por sair vencedora do grupo D, onde derrotou a Argentina por 2-0; Honduras por 2-1 e finalmente um empate frente à Argélia por 1-1, a selecção acabou contudo por dignificar o futebol português.

(Texto-opinião, publicado na edição online, secção "Escrevem os Leitores" do Jornal  RECORD de 13 de Agosto de 2016)

MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.