segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Testes de stress

O velhinho banco italiano que dá pelo nome de Monte dei Paschi, considerado o mais antigo do mundo, está muito stressado e com muita pouca força nas canetas.
O seu rácio de sobrevivência é de -2,2%, quando o mínimo para flutuar deveria ser de 5,5%.
Por contrapartida, o ‘nosso’ BCP, mesmo com prejuízos nos primeiros seis meses deste ano, obteve um rácio de sobrevivência – common equity tier 1 (CET1) superior a 7% num cenário adverso.

José Amaral


Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.