quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Durão Barroso está a colher o que semeou


Durão Barroso está a colher o que semeou durante esta última década, sem nos esquecermos do que foi o seu passado público e político até aos dias de hoje: de fanático ultra esquerdista, até entrar para o mundo capitalista ao seu mais alto nível.
Assim, até os próprios correligionários europeus do mesmo mundo político lhe tiraram o tapete dos pés, pois acharam que foi longe de mais, actuando sem o mais leve pingo de vergonha ou ética.
Depois de ter franqueado o solo pátrio aos invasores do Iraque e do que se seguiu de tão atroz; depois de ter abandonado o país antes de saber se iria ser eleito presidente da CE, agora, os seus pares atiraram-no porta fora.
Resumindo: só tem o que merece.
José Amaral

1 comentário:

  1. Durão Barroso é um homem de pouco escrúpulo e ávido de poder. Como ele há muitos, quer no nosso país, quer por esse mundo fora, e até são admirados, porque o civismo, a fraternidade, o respeito pelo semelhante e outros valores sociais já não se cultivam. Daí, que o dinheiro seja o Deus e Senhor ao qual se deve servir, porque é com ele que se abrem todas as portas da vida faustosa e, por vezes, indigna. Este tipo de pessoas só pensa em ganhar cada vez mais sem pensar que, ultrapassadas certas regras, já está a roubar o que pertence a outros. Infelizmente o mundo já cheio de gente desta, pelo o que há muitos que defendem estes comportamentos, desejando um dia estar neles envolvido. Por cá, é a Portulândia e a sua vidinha no seu máximo esplendor!

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.