quarta-feira, 28 de setembro de 2016

SABEDORIA E COMPETIÇÃO

O homem sábio é aquele que não se deixa governar nem quer governar os outros. Platão acrescenta que "a única moeda verdadeiramente boa e pela qual convém trocar todas as restantes, é a sabedoria". Ensinar o homem, ensinar todos os homens, eis o máximo desígnio. Émile Zola vê cada escritor "como um criador que tenta, depois de Deus, a criação de uma terra nova". Contudo, eu ouço esta gente referir-se às entradas na faculdade e só ouço falar em médias. Poucos se preocupam com a verdadeira sabedoria. Com a busca do conhecimento. Aliás, vejo pouca gente a puxar realmente pela cabeça. É só o útil. O sentido prático. A competição.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.