sexta-feira, 14 de outubro de 2016

1918 - Uma das mais belas páginas da história da marinha de guerra portuguesa

Resultado de imagem para augusto castilho




O caça-minas Augusto de Castilho, um antigo barco de pesca reconvertido num navio de guerra, tinha por principal função, no decorrer da I Grande Guerra, a patrulha de alto mar, a rocega de minas e a escolta de comboios de navios. Quando escoltava o navio São Miguel, que se dirigia da Madeira para os Açores, foi surpreendido pelo fogo alemão de um submarino U-139. Apesar do navio de guerra português ter um equipamento bélico muito inferior ao submarino alemão, enfrentou-o corajosamente, permitindo a fuga do vapor São Miguel que transportava cerca de trezentas pessoas segundo o Diário de Notícias ou mais de mil e quinhentos, de acordo com o site do Museu da Marinha. O Caça-minas Augusto de Castilho acabou por ser afundado pelo submarino alemão mas os portugueses lutaram heroicamente até ao último momento, tendo perdido a vida o 1.º Tenente Carvalho Araújo, comandante do navio, assim como um aspirante oficial e quatro praças. Demonstrando uma grande capacidade de sobrevivência, os restantes elementos da tripulação conseguiram resgatar-se numa baleeira, tendo remado, durante seis dias, através do Atlântico, até alcançar a ilha de São Miguel.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.