quinta-feira, 13 de outubro de 2016

IMI e afins

Quando podes e tens juízo (?), juntas uns dinheirinhos e fazes ou compras uma casa, pequena, grande, não importa.

Pagas o terreno, as licenças, os tijolos, o cimento, o empréstimo, etc.

Portanto, para fazeres a casa, pagas à câmara, ao banco, ao governo, às finanças…
Ou seja, passas a vida inteira a pagar a casa.

Pergunto, para que alguém mais inteligente que eu me responda: qual é a contribuição de todas essas entidades para que pudesses ter uma casa?

Então porque recebem dividendos vitalícios sobre uma coisa para a qual não contribuíram com absolutamente nada?

…com a agravante de que se te portas mal, ou apenas tens azar, lá vai uma vida inteira de pagamentos para o lixo e quando muito arranjas um rés-do-chão debaixo do viaduto, com vista para uma bela lixeira.

Lamentavelmente neste país castiga-se quem tem juízo e dá-se todo o apoio a quem não faz por nada.

2 comentários:

  1. Fátima, desculpe perguntar-lhe por esta via... mas mudou o seu endereço eletrónico? pode enviar-mo por email? bjn

    ResponderEliminar
  2. Provavelmente caixa cheia; vou ver o q se passa; tente p.f. reenviar.bjs

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.