terça-feira, 11 de outubro de 2016

O tiro saiu-lhes pela culatra


A manif que os taxistas fizeram em Lisboa pode bem dizer-se que ‘o tiro saiu-lhes pela culatra’.
Se os serviços da Uber e da Cabify não lhes agrada ao negócio, nunca um deles deveria ter vociferado que ‘as leis são como as meninas virgens, é para ser violadas’.
Com uma calinada destas, ficamos todos esclarecidos.


José Amaral

1 comentário:

  1. Sabe o respeito que nutre por sim, Amigo José Amaral, como tal a frase que o analfabeto e ignorante, que afirmou "que as leis são como as meninas virgens, são para ser violadas", é de uma infelicidade total. Mas o que se espera de um analfabeto, como o tal taxista, e adepto lampião. Faz lembrar muitos advogados que andam na nossa praça, que não olhem a meios para atingir a sua "carteira" deles advogados, muitos deles violam a lei, como a sua grande inteligência bem sabe. Alguns advogados infelizmente são bem piores. Não estou a defender a frase desse infeliz imbecil taxista e lampião. Mas como sabe é a verdade. Muitos advogados são bem mais criminosos do que aqueles que são defender. Assume tudo o que estou a escrever. Peço desculpas, só ao Senhor e Anigo.
    Um abraço.
    Mário Jesus

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.