quarta-feira, 2 de novembro de 2016

A baixa natalidade infantil em Portugal

A baixa natalidade infantil em Portugal está a ser um grave problema demográfico.
As gerações não se renovam, pelo que cada vez mais somos menos, num país à beira de desaparecer, pois uma nação sem ninguém é apenas um cemitério de recordações, de cinzas, e nada mais.
Mas, eis que algo está a mexer para melhor. Soubemos que tem havido mais casamentos e temos tido mais nascimentos, mesmo fora do matrimónio.
Só esperamos que se criem melhores condições para se ampararem as famílias que têm filhos e outros casais, para que o país ultrapasse o défice de tão baixa natalidade.


José Amaral

1 comentário:

  1. Publicado hoje no Público, o que é gratificante, porque assim mais leitores têm a possibilidade de repensar este tão urgente problema. Parabéns ao José Amaral, sempre atento aos problemas de que enferma a nação, como é o dever de cada um de nós.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.