sexta-feira, 4 de novembro de 2016

A ‘Operação Zeus’ desceu à Terra


Mais uma vez, a PJ, sem mãos a medir, deitou as ‘garras’ a vários militares que, em fraudulento vôo rasante, terão defraudado a nação em cerca de 10 milhões de euros.
Com tão falsos servidores pátrios, não há país que resista a tanto despautério em tão pouco e largo tempo, uma vez que, quase todos os dias, casos iguais são dados a conhecer.
Se não se pôr cobro a tanta desonestidade instalada, um dia, não muito distante, pode levar a um corrosivo ranger de dentes, dando azo a uma deriva desregrada, rumo a uma erupção de revolta generalizada.
Resumindo: se ‘quem avisa, amigo é’, deve reverter-se de imediato tanta corrupção acomodada a quase todos os níveis da nossa putrefacta sociedade.


José Amaral

1 comentário:

  1. Publicado hoje, dia 7 de Novembro de 2016, no jornal Público. Parabéns ao José Amaral, um lutador incansável, sempre em cima da onda e, porque sabe nadar, não se afoga em preconceitos. Um abraço lusitano.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.