sexta-feira, 11 de novembro de 2016

ESCREVEU, COMPÔS E (EN)CANTOU. LEONARD COHEN MORRE AOS 82 ANOS

Resultado de imagem para LEONARD COHEN



O artista canadiano Leonard Cohen, morreu esta sexta-feira aos 82 anos de idade. As causas da morte, confirmada pela página oficial do músico no Facebook, ainda não são conhecidas. "É com profunda tristeza que reportamos que o poeta, compositor e artista lendário Leonard Cohen faleceu. Perdemos um dos visionários mais respeitados e prolíficos da música", pode ler-se na publicação colocada na rede social. VIDEOLeonard Cohen canta 'I'm Your Man' Músico recordou hit de 1988 em concerto dado em 2013. O cantor, que nasceu no Canadá a 21 de Setembro de 1934, ficou conhecido por hits como Suzanne e I'm Your Man. O seu 14.º e último álbum, You Want It Darker, foi lançado no passado mês de outubro. Lidou com a depressão durante toda a sua vida, um aspeto que se reflecte em muitas das suas obras. Apesar de originalmente se ter dedicado à literatura, foi no final da década de 60 que virou as suas atenções para a música. O seu primeiro álbum, Songs of Leonard Cohen, lançado em 1967, foi um êxito. VIDEOLeonard Cohen interpreta 'Hallelujah' Artista canta uma das suas músicas mais conhecidas, lançada originalmente em 1984. Em 1984, lança Various Positions - que inclui a mítica Hallelujah - uma meditação sobre amor, sexo e música, que acabou por se tornar na composição mais conhecida de Cohen, embora pela voz de Jeff Buckley em 1994. É em 1995 que decide colocar uma pausa na carreira, tendo quebrado o silêncio musical em 2001 com o álbum Ten New Songs - uma colaboração com a artista Sharon Robinson. Os últimos passos da carreira de Cohen começaram em 2005, quando a filha suspeitou que a agente de longa data do pai, Kelley Lynch, se estava a apropriar dos fundos da reforma de Cohen. De facto, mais tarde veio-se a provar que Lynch tinha roubado mais de cinco milhões de dólares (4,58 milhões de euros). Para restituir o fundo, Cohen partiu numa épica tour mundial entre 2008 e 2010, onde deu 247 concertos. Numa entrevista recente ao New Yorker, pouco antes do lançamento do seu último trabalho em Outubro, Cohen falou sobre a morte com tranquilidade. "Estou pronto para morrer. Espero que não seja demasiado desconfortável", disse o lendário artista.

INFORMAÇÃO OBTIDA, ONLINE DO CORREIO DA MANHÃ DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.