domingo, 6 de novembro de 2016

Hoje em dia temos de usar drogas

Estou convicto, e também por maleita adquirida, que muitos e muitos portugueses, se não milhões, estão com graves problemas do foro estomacal e intestinal, uma vez que têm de engolir à força ‘coisas e loisas’, que jamais pensaram um dia vir a deglutir.
Assim, a azia, os refluxos gástricos e outras regurgitações ácidas, têm sido um amargurado pão-nosso dos nossos últimos dias, enquanto em tempos passados, não muito longe, muitos milhares de concidadãos tiveram de engolir um ‘sapo vivo’, ou colocar a cruzinha de olhos fechados.
Entretanto, hoje em dia temos de usar ‘drogas’ – que no caso em apreço é o rabeprazol sódico – designadas por inibidores da bomba de protões, a fim de fazermos frente a tantos poltrões que desgraçadamente (des)comandam as nossas vidas, dando cabo delas e de nós, nelas atolados.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.