quarta-feira, 9 de novembro de 2016

"Jogar no Porto" segundo Espírito Santo


Quase que todos os portugueses iriam ficar a saber de vez, o que é “jogar à Porto”, neste derby duro e tenso, que se jogou no Dragão do clube azul e branco, depois da explicação no quadro abonecado que o técnico dos portistas apresentou num flashinterview, que nos confundiu, mas que destapou a táctica e isso foi fatal para o FCP, que de seguida foi empatar a Setúbal e agora empata com o SLB em casa, o que lhe estava proibido, pelas situação em que se encontra na tabela classificativa. Por 90 min. quase que o Nuno nos fez crer na teoria que fez manchetes nos jornais e fez criar algumas anedotas a correr na Net. Quem não foi na conversa do Espírito Santo foi o Rui, que conseguiu anular a Vitória do FCP. O clube da Invicta, pressionou mais e melhor, e acabou por se pôr na frente beneficiando de um “frango” que o goleiro das águias ofereceu ao não esticar a asa direita a que estava obrigado e tapar o galinheiro daquele lado. O campeonato, vai prosseguir com a diferença pontual da véspera entre estas duas equipas candidatas ao título, e acabamos por ficar sem saber afinal o que é “jogar à Porto”. Todavia apreciamos o esforço que o FCP desde o arranque aplicou para vencer o jogo importante, pois foi mais acutilante, superior por períodos longos, que até fez o seu treinador saltar como nunca se viu, após o golo que inaugurou a partida, salto que expressa ou é a imagem mais animada, certamente, do que é ganhar ao S.L.e Benfica, a quem o empate lhe há de saber a pouco e aos benfiquistas quase ia sabendo a frango. Para encerrar este comentário, endereçamos os parabéns ao Marítimo que soube impor-se ao SCBraga com mérito, e atrasou-o em relação ao líder, e encaixou com a vitória, alguma folga e maior calma para enfrentar o resto do campeonato.
(publicado hoje no DN madeira)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.