domingo, 13 de novembro de 2016

O governo das esquerdas e os reformados com longas carreiras contibutivas

Tenho lido que em 2017 este governo vai aumentar as pensões de baixo valor em cerca de 10 euros, claro que eu  concordo as pensões são miseráveis,  vai  eliminar  a sobretaxa do IRS também concordo. Também vai acabar com a CES sobre as pensões "douradas" também estou de acordo porque o  problema não está no valor destas pensões mas como elas foram e são atribuídas. Já os reformados que trabalharam  42, 44 ou 46 anos e que por vários motivos se reformaram antes dos 65 anos, terão que continuar a ser fortemente penalizados. Estes têm que ser solidários, já o foram porque trabalharam durante muitos anos  fazendo os seus descontos, e têm que continuar a ser. Bem sei que não foi este governo que aplicou estas penalizações, mas também nada faz  para as suavizar. Teremos que continuar com as nossas contribuições, porque esta gente que nos tem governado nunca irá trabalhar os 42, 44 ou 46 anos, mas vão beneficiar de otimas pensões.

Carlos Mascarenhas
(JN, 12/11/2016)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.