segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

LUTEMOS PELA VIDA

Terrorismo, guerras, capitalismo, extrema-direita. O caos e a barbárie reinam sobre a Terra. Trump, Marine Le Pen e outros nazis mostram os dentes na Europa. O capitalismo é cada vez mais feroz, rouba-nos o tempo, rouba-nos a vida. As pessoas atropelam-se na corrida do empreendedorismo, da competição cega. Esquecem o amor, a liberdade, a poesia, perdidas na vidinha das compras e das contas. São controladas e castradas pelos ecrãs, pelas imagens onde se passeiam vedetas inacessíveis que vivem por elas. O natal sabe a hipocrisia. Fanáticos matam em nome de Alá e o Ocidente em nome do deus-dinheiro. Milhões morrem de fome. A pobreza grassa. Tal como a pobreza intelectual e espiritual. O cidadão comum não questiona a máquina. As forças moderadas perdem terreno a olhos vistos. Porque se corromperam, porque se afastaram dos homens. É tempo de caos. Mas do caos também vem a luz. É tempo de combate. Lutemos pela liberdade, pelo amor, pela Vida. Com Jesus, com Marx, com Bakunine, com Nietzsche, com Che Guevara. Lutemos porque estão a destruir o Homem. Lutemos pelas crianças, pelo presente, pelo futuro. Lutemos porque só assim a vida faz sentido.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.