terça-feira, 13 de dezembro de 2016

NATAL (sem o menino)

Menino Jesus, não venhas,
Não nasças neste Natal!
São constantes as ameaças
Violência em espiral.
O mundo não está seguro
Há Judas em todo o lado,
Nada de bom Te auguro
Teu caminho está minado.
Herodes com a soldadesca
Por toda a Terra de Deus,
Tréguas não Te darão
Fica-Te, pois, lá nos Céus.
Há muitos Pôncios Pilatos
Nas escadas do Poder,
Não medindo os seus actos
Fazem os povos sofrer.
Em muitos lados há luzes
Mostrando alguma alegria,
Mas não disfarçam as cruzes
Que carregamos no dia-a-dia.
Menino Jesus, não venhas,
Não nasças neste Natal!
Os homens não Te merecem
Comportam-se muito mal.
JA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.