domingo, 4 de dezembro de 2016

O actual governo

 O actual governo acaba de cumprir o seu primeiro ano de governação.
E nunca se viu que toda a Esquerda estivesse do mesmo lado da barricada, como agora acontece.
E todos sabemos que os papagaios do capital e toda a corja que lhes beija os pés, se interrogam acerca da durabilidade da ‘geringonça’, que eles mesmo hostilmente baptizaram, tudo fazendo para que não se cumpra o mandato governativo até ao fim.
Apelamos a todos os que verdadeiramente amam o seu rincão pátrio, para que tudo façam para ajudar o actual executivo a levar a bom termo o seu mandato, evitando-se quezílias entre as forças que suportam o governo, pois os vendilhões pátrios e os sabotadores da nação não dormem, estando sempre a tentar as suas sórdidas investidas, sabotando o que de bom se vai fazendo em prol dos mais desfavorecidos e de todos aqueles que, todos os dias, acrescentam mais-valias nos seus postos de trabalho, mesmo ganhando ordenados de quase miséria.
Que uma autêntica ‘muralha de aço’ sustenha tais ignóbeis intenções provindas dos sectores mais reaccionários da nossa sociedade.

José Amaral.


3 comentários:

  1. Publicado, hoje, dia 6.12.2016, no Público, no espaço do costume. Ainda bem que este diário vai dando atenção a comentários que têm conteúdo. Estamos todos de parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Também vim no Destak, como o meu artigo de opinião 'A vida no campo é dura?'. E ontem, o mesmo jornal publicou algo meu.
    Um abraço

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.