terça-feira, 13 de dezembro de 2016

UM PAÍS POBRE E DESIGUAL

Portugal é o quarto país da OCDE com maior disparidade salarial, segundo dados divulgados pelo Eurostat, referentes a 2014. O estudo revela que os trabalhadores mais pobres na Suécia ganham praticamente tanto como os trabalhadores mais ricos em Portugal: cerca de 14 euros à hora em ambos os casos. A Suécia é o país com menos disparidade salarial na OCDE. Portugal é um dos países mais desiguais da UE, ultrapassado apenas pela Polónia, pela Roménia e por Chipre. No nosso país os trabalhadores com melhores salários ganham quase três vezes mais do que aqueles que levam para casa um vencimento médio. Um trabalhador com baixo salário na Suécia ganha 4,5 vezes mais do que em Portugal. Os sectores pior remunerados entre nós são os do alojamento e restauração, seguindo-se os serviços administrativos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.