quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CÃES

Oito empresários, incluindo Bill Gates e Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, acumulam a mesma riqueza que a metade mais pobre da população mundial, no total de 3,6 mil milhões de pessoas, revelou a Oxfam, confederação internacional contra a pobreza.
A Oxfam publicou um relatório, "uma economia para 99 por cento", que mostra que os novos dados disponíveis levam a concluir que a desigualdade entre ricos e pobres é muito maior do que se supunha. A imensa riqueza de uns poucos resulta ainda mais obscena quando muitos sobrevivem com menos de dois dólares por dia.
Chacais. Abutres. Do alto das suas mansões, do alto dos seus milhões, esses senhores passam por cima de tudo e de todos, acumulando mais e mais, matando os seus semelhantes com guerras, fome e tédio. Não têm qualquer coração esses cães que controlam a máquina e o "Big Brother"- a finança, os governos, a escola, a família, os media. Infelizmente, a maioria das pessoas deixa-se levar na conversa desses exploradores, desses inimigos da vida e da sua legião de súbditos e engole as patranhas da TV, dos comentaristas e aceita a pobreza e a existência de multimilionários como uma fatalidade, como se não houvesse nada a fazer, como se estivéssemos de mãos completamente atadas. Nunca o homem foi tão lobo do homem. Nunca o capitalismo foi tão feroz como agora. Nunca a manha, a ganância, a falta de humanidade foram tão reais como agora.

3 comentários:

  1. Excelentíssimo retrato dos efeitos da fase superior do capitalismo; a fase monopolista. E o capitalismo, ao contrário do que a Social-Democracia e a Democracia-Cristã preconizam, tão tem emenda. a solução, tal como aconteceu com o esclavagismo e o feudalismo, é a sua abolição. Alguém tem duvidas?

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.