segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

CONVIVIO DESPERDIÇADO

Sobre a carta da Céu "Educar é ter momentos terríveis" lembrei-me que logo no inicio da minha participação de cartas para a imprensa, corria o ano 2012 e este blogue ainda não existia, ter focado este problema como podem ver de seguida:


" Por incrível que pareça, nas últimas 72 horas a nossa classe política não deu motivos para qualquer critica, talvez por terem falado pouco, o que joga a seu favor pois desta forma não sai asneira nem gaffes. Com isto, já tinha pensado que iria ficar sem motivo para a habitual carta de leitor. Mas ontem, Domingo, dia reservado para almoçar fora com a minha mulher, que bem merece, desloquei-me aqui bem perto da Invicta, mais propriamente à praia da Memória na freguesia de Perafita. Instalado numa mesa com vista para o Atlântico, tive a meu lado uma mesa ocupada por dois casais ainda jovens e quatro crianças, penso que seus herdeiros. Quando nisto, os miúdos, sacaram das suas playstation e começaram desde logo a jogar entre eles e com os seus progenitores. O entusiasmo era tal, que pude observar que nem viam o que estavam a comer e no fim pagaram a conta sem tirar os olhos dos brinquedos. Que pena não terem aproveitado o convívio do repasto para falaram entre eles e com as crianças sobre, por exemplo, aquele local histórico do desembarque de D. Pedro IV, os bravos do Mindelo, estando ali colocado um Obelisco assinalando tal feito. Ou porque não, aproveitarem o oceano ali tão perto, para falarem da época gloriosa da nossa História, a época dos descobrimentos. Ou sobre a escola, sei lá. Talvez seja por isto tudo, a falta de diálogo entre pais e filhos, que o País está desta maneira. Preferia que esta carta tivesse sido acerca de alguma gaffe política, pois para isso já estamos habituados. Jorge Morais "



 

Publicada em: JN 28.02.2012

                       DN 29.02.2012

                       DESTAK 01.03.2012

                       PÚBLICO 01.03.2012

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.