sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Um ondular humano desumano

Uma onde de assaltos a residências tem feito uma grande razia.
Só na moradia de um conhecido empresário o montante subtraído foi qualquer coisa como a ‘módica’ quantia de 10 milhões de euros. Mas toda a devastação coberta pelo seguro dizem as notícias.
E, de entre o que de muitíssimo valioso foi roubado, muitos relógios fizeram parte do saque. E cada um valia, segundo foi noticiado, entre 60 a 80 mil euros.
E, agora, pergunto: como se armazena tanta coisa valiosa em algumas residências, e para quê?
E quantas empresas são ou têm sido descapitalizadas para manter a soberba absoluta de quem as gere?
E quantos gestores não querem que se saiba quanto ganham? Qual o porquê?
E quantos milhares de desgraçados existem para que alguns inqualificáveis amealhem o que deles nunca deveria ser pertença?


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.