terça-feira, 17 de janeiro de 2017

UM VERDADEIRO LEÃO DE RAÇA, DE SEU NOME PAULINHO

Efectivamente, algo está mal, ó melhor, não está nada de feição, em redor da equipa profissional de futebol do Sporting CP, perante a euforia que se verificou desde do inicio da época de 2015/16, aquando da ida do “mágico” da táctica, do SL Benfica para o Sporting CP, Senhor Jorge Jesus. E é verdade, sem qualquer tipo de ironia, pois é sem dúvidas um dos melhore técnicos do futebol português, pois só é pena algumas vezes não se conter um pouco mais na sua linguagem. Mas tenho que aceitar que condiz com o seu ADN.
Desde daquela época, em que o Senhor Presidente Bruno de Carvalho, conseguiu a sua maior transferência de então, com a maior aquisição, que foi a do citado técnico, que a chama das vitórias de títulos começou a invadir lá para os lados dos “leões”, com as devidas promessas, próprias de um autêntico líder, desejoso e com fortes ansiedades, por ver um Sporting CP., campeão, o que infelizmente não tem vindo a acontecer. Contudo não nos podemos esquecer que a 2.ª volta vem aí e vamos ter pela frente a disputa de 51 pontos e tudo pode ainda ser possível, há muitos pontos a vencer e a perder, entre todos os emblemas desta Liga NOS, e nada está ainda perdido.
Foi então no início dessa época, essa a mensagem que transmitiu para a massa adepta e sócios do emblema de Alvalade, incutindo esse desejo ao sempre igualmente ambicioso técnico Jorge Jesus, que como qualquer técnico, tem é o desejo e ambição, isso, tem um nome, somente a vitória: Mas infelizmente não tem vindo a acontecer, tendo o técnico Jorge Jesus, somente ganho um Supertaça Cândido de Oliveira, na sua primeira época ao serviço do Sporting CP.
Este ano, a Taça da Liga-CTT, já foi, a participação nas competições “uefeiras” foi um fracasso para não afirmar uma desilusão, o Liga NOS, ainda é cedo para se tirar conclusões. Mas, finalmente hoje com o jogo com o Desportivo de Chaves, de mais uma visita no espaço de três dias, a terras transmontanas a contar para os quartos-de-final da prova rainha do futebol português, que é a Taça de Portugal, em caso de vitória e respectiva eliminação do Desportivo de Chaves, poderá estar aqui a salvação, para uma época tão igual ou ainda pior do que a anterior. E em caso de passagem às meias-finais, poderá ser considerado e residir um alívio para as hostes sportinguistas.
Culpados? São todos. O presidente Bruno de Carvalho, Jorge Jesus (estes os principais obreiros do descalabro que o Sporting CP tem vindo a sofrer), todo o staff técnico e como não podia deixar de ser, claro, os jogadores…ah! e provavelmente os árbitros que são sempre apontados como os maus da fita.
No meio deste reino de confusões e incertezas, quanto ao futuro de todos que se vive no balneário do Sporting, só um elemento escapa a este descalabro, o sempre dedicado e querido por todos, os sportinguistas o técnico de equipamentos de seu nome simples, tal como ele, o Paulinho, esse,  sim o verdadeiro “Leão”, que merece na verdade todas as alegrias que lhe possam dar…Este sim um verdadeiro “Leão” de raça e de humildade, em que os restantes elementos, dirigentes, técnicos e jogadores deviam por os olhos e segui-lo, não só pela sua humildade mas pela sua grande dedicação ao longo de anos, ao serviço do Sporting CP.

Enviado para o Jornal Record "Escrevem os Leitores" pelas 17h20 do dia 17 de Janeiro de 2017

Mário da Silva Jesus

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.