quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

A banca portuguesa continua a perder dinheiro e poder


Já não sabemos se é melhor ou pior que a banca portuguesa vá perdendo o seu controlo e sejam capitais estrangeiros a comandar as suas directrizes.
Assim, o CaixaBank, de Espanha, é agora – com 84,5% do capital – o dono e senhor do BPI, o qual, de português, só tem o nome, pois o remanescente capital = 15,5% é detido pela Free Float (7,07%) e pela Allianz (8,43%).
E, enquanto a administração cessante afirma ‘não se preocupar nada em ser uma sucursal de um banco espanhol’, os novos donos do BPI vão-se descartar ‘SOMENTE’ de 900 bancários, a somar aos 2 500 que a ‘SEMPRE BEM GERIDA’ CGD vai também mandar borda-fora.


José Amaral

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.