domingo, 19 de fevereiro de 2017

"À condição provisória"!!!

- Para aqueles que ainda continuam a falar português medieval, e quando ainda uma jornada do calendário futebolístico, não estava concluída, colocam na liderança do campeonato a equipa do seu desejo, sem paciência para esperar pelo resultado do jogo que decide quem é de facto o líder real, o cabeça da tabela classificativa após a jornada acabada. E tais linguistas medievais, dizem e escrevem que o FCPorto é líder à "condição", e arrasta com esse paleio uma vasta plateia de cor fénix posta em tribunal, e sob chefia de um "macaco" e de um presidente de SAD que tem "residência num Palácio de Justiça", tal é a sua frequência nessa instalação. Ora não explicando qual é a tal "condição" que lhes dá a liderança, esses tais "malacas" do desacordo oral, não estão preparados para definir a dita "condição" como uma situação em compasso de espera, e que se define como pontuação "provisória, tal como o último classificado, só o é temporariamente ou não, mas situação que só no final da Liga é que se pode concluir definitivamente. Então deixa de haver clubes classificados na posição "à condição e provisória". Ora após este jogo em Braga que iria definir quem seria o líder da jornada, verifica-se que é o SLB, que continua na frente da tabela. O SLB desde a 5ª jornada que é o Líder, sem que até este jogo desta jornada, tivesse perdido o lugar. A vitória do SLB em Braga contra o clube local e mais esforçado sempre que defronta tal símbolo, retoma a liderança da Liga portuguesa, e volta a por a pressão nos clubes que adoram ir em sua perseguição, e com a obrigação de terem que olhar para cima para verem se quem a comanda é o mesmo que vem sendo desde a tal 5ª jornada. Constata-se a partir desta realidade, que os clubes que pretendem roubar o lugar ao "voo da águia", vão ter que continuar a dar à asa, à perna, e às manobras manhosas e tangentes ao crime, para chegarem com honra e glória, ao topo da classificação e aí no final poderem cantar, vitória, e consagrarem-se, Campeões da Liga NOS, que não será nunca do agrado de todos "nos".


                                  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.