segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

BRAVATA TRISTE

Começa a ganhar corpo a ideia de que Donald Trump será (somente...) o "testa de ferro" dum movimento (vá-se lá saber porquê...) de instalar nos EUA e, obviamente, no mundo a"velha propensão dos homens" para exercer o Mal. Os seus mentores, com em todos estes "movimentos telúricos" nunca são o rosto de primeira linha mas também não se ausentam totalmente da exposição, para vigiarem (sempre em cargos fulcrais) o andamento das "coisas" e assim o influenciarem passo a passo.
Refiro-me, por exemplo, a Jeff Sessions (JS) e Steve Bannon(SB). Os seus perfis foram dissecados por Robert Costa/Philip Rucker e Rui Tavares Guedes no Público e Visão, em 1 e 2 de Fevereiro, respectivamente. Simplesmente diabólicos ambos, embora por trás duma "tranquilidade", mais patente no primeiro, o ideólogo, e mais "obreirista" no segundo.Bom, JS vai ser Procurador Geral e SB membro de topo ( mandando até nos outros elementos) do Conselho de Segurança Nacional dos EUA. OU ainda, um a mandar na Justiça e o outro  na vigilância de todos os cidadãos mundiais.
Assumindo que eu próprio intitulei esta carta de "bravata", vou assumi-la totalmente e (se me estiver a ver Sb, observe bem!) e esticar o meu dedo médio, bem hirto para vocês e a vosso maneira de ver a vida e a quererem impor ao ao Mundo!

Fernando Cardoso Rodrigues

Nota: ao contrário do que costumo fazer, enviei esta carta, quase em simultâneo, também ao PÚBLICO e ao EXPRESSO.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.