sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Grande TRIBUNAL CONSTITUCIONAL!

Acordei mal, com o martelo na casa do vizinho e com a "volta" de Cavaco Silva (cruzes, canhoto!!) mesmo que só em forma de livro, mas vou dormir muito satisfeito. Porquê este volte face? Pois soube agora mesmo, através do "MSN finanças" que o Tribunal Constitucional ( por UNANIMIDADE!) considerou que os ex- administradores da CGD ( António Domingues e os seus muchachos) vão ter que entregar a declaração de património naquele tribunal! E mais, segundo o que li, infiro que teriam que o fazer mesmo com aquele execrável estatuto "cozinhado" ( o "cozinheiro" era mau, "graças a Deus...) pelo  governo para os eximir à entrega do dito, não resultava para anular a"velha lei" 4/83. "Haja Deus", novamente!
Governo desatento e, neste caso, vicioso, acabou "bem por linhas tortas". PSD e CDS vão dormir mal porque agora "a lei é lei". E António Domingues? Sem qualquer tipo de pena dele, sugiro somente que todos nós vamos ver aquilo que, com tanto afinco, procurou esconder ao mesmo tempo que  obtinha um magnífico ordenado e, mais ainda, podia vigiar por dentro um organismo do Estado e condicionar a evolução do mesmo (para onde?).

Fernando Cardoso Rodrigues

3 comentários:

  1. Tudo isso é verdade, mas também tudo isso é acessório face ao que está em causa. E o que está em causa, é a CGD que a Direita quer privatizar para entregar à sua gente. Isto, como o amigo Fernando também sabe, é que é o essencial.

    ResponderEliminar
  2. Francisco, creio que o percebo e estarei de acordo. Simplesmente talvez o que nos diferencia é que o senhor atem-se aos "finalmente" ( a que chama de essencial) e a mim interessa-me ( em todos os assuntos) também o (e como) o caminho que se trilha. Isto porque assim posso ver e analisar também o tipo de pensamento,a coerência, a bondade ou maldade das intenções e até a inteligência dos actores ( o que chama de acessório). Ou seja, o acessório também é essencial e, pelos vistos ( o senhor o diz)... verdade. Dito "curto e grosso", as intenções inversas do governo e da direita são absolutamente antagónicas ( as primeiras "boas" e as segundas "más") mas isso não invalida que o governo deva ser verberado pelos "métodos" e pelas "pessoas que escolheu e daí... palmas ao TC e pateada aos "Antónios Domingues" da nossa praça. Quanto ao governo mostrou bem que "de boas intenções ( CGD como Banco público) está o Inferno ( PSD/CDS e... António Domingues) cheio.Este último, a tal "boa gente" a quem Mário Centeno entregou a condução do Banco prometendo~lhe tudo e mais alguma coisa...

    ResponderEliminar
  3. E verdade! o "acessório", facilitou o trabalho de quem quer modificar o essencial. Foi uma brecha...

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.