segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Livro de Cavaco Silva é um ajuste de contas


  «Quinta-feira e Outros Dias», titulo do livro da autoria de Aníbal Cavaco Silva, com 577 páginas,​
é uma crítica virulenta a José Sócrates, ex-primeiro ministro. Far-se-ia um livro com mais de 577
páginas a desmontar a inépcia e mediocridade deste pior presidente da II República. O apresentador da obra disse: « o livro não é um ajuste de contas». Coitado, teve um lapso freudiano - é mesmo um ajuste de contas! Cavaco pretende justificar o passado porque não teve
coragem para agir no momento. O livro, do católico Cavaco, está prenhe dum grave pecado - bate a quem jaz ensanguentado no chão…
   O democrata enviesado, Cavaco Silva, que só foi presidente dos seus apaniguados do PSD-CDS,
disse:« BE e PCP são uma influência negativa». Esta frase também é um elogio. E ainda:« Não
perco tempo a ler jornais», ler jornais é saber mais e Cavaco tem uma noção de cultura nivelada
pelo programa da TV, ‘O Preço Certo’. Diz mais :« Nunca tenho dúvidas e raramente me engano». A inteligência, a sabedoria e a humildade enganam-se e terão dúvidas. Como primeiro ministro e presidente da República é o principal causador de todos os males que nos afectaram, também por incompetência e ausência de prospectiva.
   Os portugueses jamais o perdoarão já que, na pré-implosão do BES, afirmou que não havia
motivos para os clientes daquele banco se sobressaltarem. Dias depois, milhares de clientes foram atirados para os abismos da desgraça. Ficaram sem o seu dinheiro, fruto de  trabalho/poupanças carregadas de sangue, suor e lágrimas. Justificou nada saber… só os tolos
acreditarão.
   Trump Twita, Cavaco entretinha-se com o Facebook a redigir vezeiras banalidades.
   Aníbal Cavaco Silva continua a não prestar.  

                                         artigo de opinião de Vítor Colaço Santos 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.