segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Megalómano, perigoso e autocrata



    Originariamente, os EUA são um país erigido por imigrantes e escravos que também foram
imigrantes - trazidos à força. A Constituição americana encerra alguma beleza, mas a América foi fundada em dois enormes crimes: o genocídio dos índios e a escravatura durante 350 anos.
   Ninguém sabe o que vai acontecer nos e aos EUA. Seguimos as notícias provenientes e ficamos
estupefactos. Há milhões de pessoas, não só na América mas no mundo, em estado de horror,
em confusão e com raiva. E medo! Temos de viver uns com os outros e não construir muros
isolacionistas (mas antes pontes) proibindo as pessoas de entrar nos EUA ou expulsando-as.
   Trump rasgou o programa de saúde, apesar de tímido, de Obama - o obamacare, tirando a assistência médica a dezenas de milhões de americanos. É como querer matar as pessoas! Os figurões que tem nomeado para a sua Administração são gente de índole duvidosa
e ultraconservadores. Nomeou um juiz para o Supremo Tribunal, contrário à interrupção voluntária da gravidez, ao controlo da natalidade e à eutanásia, que se destaca em acções de
favorecimento às grandes empresas. Cada escolha é pior que a antecedente…
   Por cá, em matrizes fundamentais de Trump, o CDS e PSD são os que lhe estão mais próximos.
Trump repugna a democracia, é indecente no seu comportamento narcísico, além de negligente e autocrata. Tudo o que faz e diz tem um conteúdo odioso e perigosíssimo.
   Ninguém pode ou deve ficar calado na indiferença.

                                      artigo de opinião de Vítor Colaço Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.