domingo, 12 de fevereiro de 2017

O ano de Joaquim de Almeida



Resultado de imagem para O ano de joaquim de almeida


Um dos temas que esta semana a revista Notícias Magazine, através das Histórias da Semana, nos traz, com o texto assinado por Rui Pedro Tendinha, acerca do ano de Joaquim de Almeida, é um pouco do retrato quase perfeito de um grande talento da sétima arte, do luso-americano, que divide o seu tempo entre filmagens nos EUA, e a sua casa de Ranholas, em Sintra, e que antes de chegar ao sonho do cinema, viveu uma grande aventura, primeiro na Áustria, através da mão do maestro António Victorino D’Almeida, depois do encerramento da Escola de Teatro do Conservatório Nacional, após o 25 de Abril de 1974. O talento e a ambição estavam com ele e sempre o acompanhou, com algumas aventuras no meio, conseguiu alcançar com trabalho e dedicação os seus objectivos.
Joaquim de Almeida, nome profissional e artístico, nascido em Lisboa a 15 de Março de 1957, é um dos maiores e grandes embaixadores da cultura portuguesa, que transporta para além fronteiras o nome de Portugal, através da tela, isto é da sétima arte. Contracenando com actores estrangeiros de luxos e nomes sonantes do cinema internacional, Joaquim de Almeida, é um dos actores portugueses mais internacionais.
Está provado que Portugal tem grandes valores na cultura, só é pena não haver espaço para estes grandes talentos natos.

(Texto-opinião, publicado na edição Nrº. 1290 da revista Notícias Magazine de 12 de
  Fevereiro de 2017)

MÁRIO DA SILVA JESUS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.