sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Os três da Quadratura

Tento nunca perder a Quadratura do Círculo e ontem mais uma vez assim fiz. A discussão andou toda à volta dos "10.000 milhões voadores" que o fisco ("tadinho"...) não conseguiu lobrigar entre os seus muitos afazeres de vigia a quem não declarou 10 "tostõezitos".
O tom é sempre o mesmo: Jorge Coelho (JC) acusa mas apoda sempre as questões como de "muito complexas", para nunca se comprometer; Lobo Xavier (LX), com aquele ar "semi-gozão" e blasé, dá "explicações técnicas" sobre os assuntos como se eles não fossem somente do foro de casta ou de "ladroagem" ( ou dos dois); Pacheco Pereira (PP), culto e denso no saber ( não acham que, com aquele cabelo, está tal e qual o Karl Marx?...), disseca e faz perguntas que só as pessoas  que "muito leram" e reflectiram são capazes de formular em jeito de sinopse percuciente. Perguntas como esta: para que servem os offshores?  A ela responde JC que não importa pois o que interessa é donde bem o dinheiro, LX diz, mais prosaicamente (?), que são para pagamentos comerciais; PP insite que se "está mesmo a ver para que servem". Está ele e estamos nós todos! É o TINA meus senhores, é o TINA!

Fernando Cardoso Rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.