quinta-feira, 2 de março de 2017

Offshores, caso de politica ou caso de policia?


Para que se possa fazer a distinção é necessário que sejam publicadas as listas que foram omitidas, para que os cidadãos em geral possam denunciar incongruências
Durante os anos negros da troyca aconteceram falências em catadupa, e será curioso ver se gestores ligados a firmas que faliram fizeram transferências.
Também é licito especular que Paulo Núncio viu na lista alguém próximo e quis protege-lo.
Estes poderão ser casos de policia.
Se não é caso de policia, mas sim caso de politica então a responsabilidade não é só de Paulo Núncio.

Quintino Silva

Sem comentários:

Enviar um comentário

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças. Não diga aos outros o que não gostaria que lhe dissessem. Faça comentários construtivos e merecedores de publicação. E não se esconda atrás do anonimato. Obrigado.