terça-feira, 28 de março de 2017

PEQUENOS GRANDES GESTOS

Em jeito de desabafo / agradecimento.
Como em praticamente todos os dias da semana , hoje de manhã vinha para o trabalho de carro às 8 e pouco quando numa passadeira perto de minha casa vejo 4 pessoas , 3 adultos e um jovem "diferente" ( não poderei dizer qual a deficiência mas era psico-motora ) no passeio para atravessar para o outro lado.
Como sempre faço, parei para os deixar passar e fui brindada por um sorriso do tamanho do sol por parte daquele menino diferente e um enorme (Y) like que acompanhou todo o trajecto e que eu obviamente retribuí também com um sorriso de orelha a orelha.
Quando terminaram de atravessar a estrada os 4 viraram-se na minha direcção, agradeceram e disseram-me adeus , com uma alegria no olhar que me encheu a alma.
Definitivamente ganhei o dia e reforcei a convicção que de as boas maneiras e a educação são valores dos eleitos , não dos chamados "bem nascidos".
Não sei quem são estas pessoas , mas por eles e com eles , já ganhei o dia.
Obrigada
<3

3 comentários:

  1. Olá Graça! Deixe-me ser talvez um tanto cínico, mas sincero e realista: se o jovem não fosse "diferente", talvez, para não dizer não, a brindasse com um sorriso "tamanho do sol". E os familiares retribuíram o seu sorriso "de orelha a orelha". Ainda bem! Ficaram todos contentes. Mas a origem, infelizmente, esteve no facto do menino ser "diferente".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, tem toda a legitimidade para ser "cínico" e ter a sua opinião, que obviamente respeito, mas não concordo. O que me levou a escrever estas linhas foi o facto daquelas pessoas terem sido educadas, valor tão escasso o nos dias que correm. Fiz com eles o que faço sempre que vejo pessoas a aproximarem-se de uma passadeira e nunca me agradecem, um gesto básico de educação e civismo. O facto do jovem ser "diferente" apenas abona em seu favor, porque se calhar não está "contaminado" pela loucura dos dias em que ninguém respeito ninguém.
      Desta vez não estamos em sintonia, mas a vida é mesmo assim.
      Um dia feliz para si .

      Eliminar
  2. Mas estamos,Graça!Dá-me razão (e o facto de me dar razão, evidentemente, é o que menos interessa) quando diz que " o facto do jovem ser "diferente"apenas abona em seu favor," e, sublinhe-se agora; "porque se calhar não está "contaminado" pela loucura dos dias em que ninguém respeita ninguém". Portanto, cara amiga, foi exactamente isso que eu disse. Estamos completamente de acordo.

    ResponderEliminar

Caro(a) leitor(a), o seu comentário é sempre muito bem-vindo, desde que o faça sem recorrer a insultos e/ou a ameaças a quem quer que seja. Não serão considerados os comentários anónimos. Obrigado.